4460

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|

Janeiro Roxo

Fonte: DIRCOM
31/01/2024 às 11h47

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A hanseníase é uma doença infecciosa causada por uma bactéria que afeta a pele e os nervos? Você sabia que ela tem cura e que o tratamento é gratuito pelo SUS? Você sabia que quanto mais cedo ela for diagnosticada, menores são as chances de sequelas?


Essas são algumas das informações que a Secretaria de Saúde quer divulgar neste mês de janeiro, que é dedicado à conscientização sobre a hanseníase. O objetivo é alertar a população sobre os sintomas, a prevenção e o tratamento da doença, que ainda é um problema de saúde pública no Brasil.


A hanseníase é transmitida pelo contato com pessoas infectadas que não fazem o tratamento. Por isso, é importante reconhecer os sinais da doença, como manchas na pele, perda de sensibilidade, dor nos nervos, inchaço nas mãos e nos pés, entre outros. Se você notar algum desses sintomas, procure uma unidade de saúde o mais rápido possível.


O diagnóstico é feito por meio de exame clínico e o tratamento é feito com medicamentos que eliminam a bactéria. O tratamento dura de seis meses a um ano, dependendo do tipo e da gravidade da doença. Durante o tratamento, o paciente não transmite mais a hanseníase e pode levar uma vida normal.


A hanseníase pode causar deformidades e incapacidades físicas se não for tratada adequadamente. Por isso, é fundamental que as pessoas se informem sobre a doença e quebrem o preconceito e o estigma que ainda existem em torno dela.


A Secretaria de Saúde convida você a participar do Janeiro Roxo, compartilhando essa mensagem e ajudando a combater a hanseníase. Juntos, podemos fazer a diferença na vida de milhares de pessoas que sofrem com essa doença.

.

.

.

.

#JaneiroRoxo

#HanseníaseTemCura

#Cuidandodanossagente

#Otrabalhonaopara

#PrefeituradeItajuípe